close

Noites*

umolharazul.blogspot.com

Noites*


Noites*




Noites*

Uma pista de dança
Na valsa das águas puras
Simetria do coração e a palavra

Luz que afasta o medo
Corpo translúcido do verbo
Um ato de ausência
Um veludo-limite que separa

Da paixão a incógnita
A estrela bebe a lua
E o sol é poesia nua

Perde-se nos sentidos
Rasga-se na cicatriz
Saboreia a beleza sem ver
Não se basta- uma sede abissal

Teme-se
Pois não existe
E a inexistência é de suor e sal

Vácuo
Na dor das sílabas
A compreensão
Da incapacidade
O passo que não sabe dar

E os poemas visitam
As noites

-a palavra é seu amor-

Karinna*
Noites*

Report "Noites*"

Are you sure you want to report this post for ?

Cancel
×